A Lidy

No “auge” dos meus 18 anos resolvi juntar meus trapinhos e morar em São Paulo. Transferi meu curso, iniciado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (saudosa UFMS), para a Faculdade Cásper Líbero. Em 2012 houve boatos de que estava oficialmente formada, mas só deram o papel que comprovava esse rolê em 2013. A essa altura do campeonato eu já tinha um trampo, e fui ficando, ficando…

Ah, meu nome é Lidyanne Aquino, ou Lidy mesmo, pois mais fácil de pronunciar e memorizar. Envelheci e estou a alguns meses do meio quarto de século.

E nesse processo resolvi largar trabalho, casa, etc e ir para o interior da França ter um tempo para mim e ver se melhorava meu francês do Paraguay (acho que consegui, viu?). Foram quatro meses lindos e de deleite extremo, coisa mais AMOR dessa vida. Imaginem minha bela carinha caindo no chão quando voltei.

Teve gente da família adoecendo, teve pé na bunda, teve desemprego e uma cabeça entrando em parafusos. Junho foi uma 3ª Guerra Mundial na minha cabeça. De tanto surtar com os percalços resolvi aproveitar o tempo livre para fazer terapia e né, sou uma máquina de escrever ambulante.

Então bora tagarelar sobre a vida, o universo e tudo mais porque pelo menos ISSO eu faço muito bem 😀

Como toda xóven, estou everywhere:
Twitter | Facebook | Instagram

Quer desabafar, abrir o coração ou me mandar uma sugestão? Escreva para lidycomisso@gmail.com 🙂

 

2 comentários sobre “A Lidy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s